Logotipo Dr. Igor Lepski Calil

Derivação bilio-digestiva

atualizado em: 09/28/2023
Tempo de Leitura: 2 minutos
Sumário

A derivação bilio-digestiva é um procedimento cirúrgico que redireciona a bile do fígado para o intestino, ajudando na digestão. Ela é utilizada para afecções das vias biliares que não podem ser tratadas por via endoscópica, como litíase biliar complexa, estenoses cicatriciais, obstrução das vias biliares, após cirurgias e durante cirurgias pancreáticas.

Derivação Bilio-digestiva - Imagem Ilustativa

Introdução

A derivação bilio-digestiva consiste em um conjunto de procedimentos cirúrgicos complexos que desviam o fluxo da bile e/ou dos alimentos no sistema digestivo. 

A bile é um fluido produzido pelo fígado que desempenha um papel essencial na digestão das gorduras. 

A seguir, falaremos mais sobre a derivação bilio-digestiva, incluindo suas indicações, como funciona o procedimento, como é o pós-operatório e o que é importante saber antes de realizá-la. Fique até o final e tire suas dúvidas!

O que é a derivação bilio-digestiva?

A derivação bilio-digestiva consiste em um procedimento cirúrgico que envolve a criação de uma conexão alternativa para saída da bile para o intestino delgado. 

O objetivo principal desse tipo de derivação é contornar obstruções, direcionar o fluxo de bile ou modificar a absorção de nutrientes para tratar condições médicas específicas. 

Existem variações de derivação bilio-digestiva, cada uma projetada para atender a um determinado objetivo.

Quando é indicada derivação bilio-digestiva?

A derivação bilio-digestiva é frequentemente indicada para tratar estenoses das vias biliares e cálculos, além de tumores que podem se originar nas vias biliares.

Além disso, a derivação bilio-digestiva também é usada no tratamento de patologias que afetam o sistema digestivo e o sistema biliar, como a obstrução do ducto biliar e em cirurgias pancreáticas complexas. 

A derivação bilio-digestiva, nesse caso, pode criar uma nova rota para a bile e/ou para os sucos pancreáticos passarem e atingirem o intestino.

Como funciona a derivação bilio-digestiva?

A derivação bilio-digestiva é um procedimento cirúrgico complexo que pode ser realizado de diferentes maneiras, dependendo da finalidade. 

Quando há uma obstrução no ducto biliar ou é necessário reconstruir o trato digestivo após cirurgias pancreáticas, a derivação bilio-digestiva pode ser realizada para restabelecer o fluxo adequado. 

Como é o pós-operatório de derivação bilio-digestiva?

A recuperação após a derivação bilio-digestiva varia, dependendo do tipo de procedimento realizado. 

No caso de uma derivação bilio-digestiva para tratar uma obstrução ou após uma cirurgia pancreática, o pós-operatório pode envolver cuidados específicos relacionados à incisão, à cicatrização e à função do sistema biliar e digestivo. Pode ocorrer fístulas e estenoses 

Os pacientes podem ter restrições alimentares temporárias para permitir que o sistema se recupere adequadamente. 

O que é importante saber sobre a derivação bilio-digestiva?

É fundamental discutir todas as opções disponíveis com um profissional de saúde qualificado. 

A recuperação após a cirurgia requer comprometimento com as orientações médicas e nutricionais, bem como a participação em cuidados de acompanhamento para monitorar a saúde geral.

Dr. Igor Lepski Calil
CRM: 130079
RQE: 100065 / 100066

Graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP.
Fiz residência em Cirurgia Geral e Cirurgia do Aparelho Digestivo no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto e em Transplante de Órgãos Abdominais no Hospital das Clínicas de São Paulo. Além disso, tive oportunidade de participar de uma Surgery Observation no Indiana University Hospital em 2012 nos Estados Unidos.
Meu foco é em casos complexos como Falência Intestinal, Transplante de Intestino e Multivisceral, além de Transplante de Fígado e Cirurgia Hepato-Bilio-Pancreática.

Agende sua Consulta

Atuo nos hospitais

magnifiercross