Logotipo Dr. Igor Lepski Calil

Hepatite

atualizado em: 09/28/2023
Tempo de Leitura: 4 minutos
Sumário

A hepatite consiste em uma inflamação do fígado, podendo ser de causa viral, alcoólica, autoimune, entre outras. Os sintomas são diversos e o tratamento depende da causa da doença.

Hepatite - Imagem Ilustrativa

O fígado desempenha funções cruciais para a saúde do organismo, visto que está envolvido na metabolização de nutrientes, armazenamento de glicose, síntese de proteínas essenciais e regulação do colesterol. 

O fígado também realiza a desintoxicação do organismo, processando toxinas e substâncias indesejadas, e produz a bile, que é importante para o processamento de gorduras. 

As doenças do fígado englobam uma variedade de condições. Entre elas, está a hepatite, que consiste em uma inflamação do fígado.

A seguir, falaremos mais sobre a hepatite, quais as possíveis causas, como identificar os sintomas, como é feito o diagnóstico e como funciona o tratamento. Fique até o final e tire suas dúvidas!

O que é a hepatite?

A hepatite é uma inflamação do fígado que ocorre como uma resposta do sistema imune a fatores prejudiciais. 

A gravidade da hepatite varia de leve, com sintomas passageiros, a formas mais graves e crônicas que podem causar danos hepáticos progressivos.

O risco e a gravidade da doença podem depender do tipo de hepatite e da resposta do organismo ao agente causador. 

O diagnóstico e o manejo adequado são essenciais para evitar complicações e garantir a saúde do fígado.

A seguir, conheça os principais fatores associados à hepatite e como eles se manifestam!

O que causa a hepatite?

As causas da hepatite podem variar conforme a causa da doença. Elas incluem:

  • Infecções virais
    • Principalmente pelos vírus da hepatite (A, B, C, D e E)
    • Esses agentes podem ser transmitidos por meio de água e alimentos contaminados, relações sexuais desprotegidas, compartilhamento de agulhas e de mãe para filho durante o parto
  • Abuso de álcool: pode causar inflamação do fígado, resultando em hepatite alcoólica
  • Toxinas, produtos químicos e medicamentos: podem causar hepatite tóxica
  • Doenças autoimunes: em algumas pessoas, o sistema imune pode atacar as células saudáveis do fígado, causando hepatite autoimune
  • Outras condições médicas: como obesidade, diabetes e doenças metabólicas, também aumentam o risco de desenvolver hepatite

É importante notar que a gravidade e o risco de complicações podem variar de acordo com o tipo de hepatite e outros fatores individuais.

Quais os sintomas da hepatite?

Os sintomas da hepatite podem variar conforme a causa da doença e do estágio em que se encontra. No entanto, algumas manifestações comuns incluem:

  • Sensação persistente de cansaço
  • Febre
  • Desconforto abdominal
  • Pele e olhos amarelados (icterícia)
  • Urina escura e fezes claras
  • Náuseas e vômitos
  • Apetite diminuído
  • Dores musculares e articulares

Nem todos os tipos de hepatite apresentam os mesmos sintomas e, em fases iniciais, a doença pode ser assintomática (não gerar sintomas). 

É importante lembrar que os sintomas da hepatite podem ser semelhantes aos de outras condições, por isso um diagnóstico preciso é fundamental.

Como é feito o diagnóstico da hepatite?

O diagnóstico da hepatite envolve avaliação médica, exames de sangue e exames de imagem, descritos abaixo.

Histórico médico e exame físico

O médico coletará informações detalhadas sobre os sintomas, histórico e exposição a fatores associados, além de realizar um exame físico.

Exames de sangue

  • Exames de função hepática: avaliam as enzimas hepáticas
  • Exames sorológicos: detectam anticorpos ou antígenos 

Exames de imagem

Pode incluir radiografias, ultrassonografia, tomografia computadorizada (TC) ou ressonância magnética (RM) do abdome.

Biópsia hepática

Uma pequena amostra de tecido hepático pode ser retirada para análise.

O diagnóstico preciso da hepatite é importante para determinar a terapêutica adequada e prevenir complicações, como cirrose ou câncer de fígado. 

Como é realizado o tratamento da hepatite?

O tratamento da hepatite varia conforme a causa da doença, o estágio da infecção e a gravidade dos sintomas. Aqui estão algumas abordagens comuns de tratamento:

Hepatite viral

  • Hepatite A: geralmente se resolve por si só, com foco em repouso, hidratação e cuidados sintomáticos
  • Hepatite B: pode exigir medicamentos antivirais para reduzir a replicação do vírus e prevenir complicações
  • Hepatite C: tratamentos antivirais são eficazes, ajudando a eliminar o vírus da corrente sanguínea

Hepatite alcoólica

  • Abstinência de álcool é crucial
  • Cuidados nutricionais: uma dieta saudável e balanceada é recomendada

Hepatite autoimune

  • Corticosteroides e imunossupressores: medicamentos para suprimir a resposta imunológica e reduzir a inflamação do fígado

Cuidados de suporte

  • Repouso e hidratação
  • Medicamentos para alívio dos sintomas

Em determinados casos, a hepatite pode evoluir para complicações, como cirrose ou câncer de fígado, por isso, um diagnóstico e tratamento adequados são essenciais. 

Por isso, é importante consultar um médico para elaboração de um plano de tratamento individualizado e monitoramento contínuo da saúde do fígado.

Dr. Igor Lepski Calil
CRM: 130079
RQE: 100065 / 100066

Graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP.
Fiz residência em Cirurgia Geral e Cirurgia do Aparelho Digestivo no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto e em Transplante de Órgãos Abdominais no Hospital das Clínicas de São Paulo. Além disso, tive oportunidade de participar de uma Surgery Observation no Indiana University Hospital em 2012 nos Estados Unidos.
Meu foco é em casos complexos como Falência Intestinal, Transplante de Intestino e Multivisceral, além de Transplante de Fígado e Cirurgia Hepato-Bilio-Pancreática.

Agende sua Consulta

Atuo nos hospitais

magnifiercross